As vantagens e dificuldades do Programa Pé-de-Meia | Mercado de Finanças
loader image

As vantagens e dificuldades do Programa Pé-de-Meia

Fique por dentro dos aspectos vantajosos do programa Pé-de-Meia, mas conheça também as limitações nas quais o estudante pode esbarrar para ter acesso ao benefício!

Os requisitos para participar do Programa Pé-de-Meia

Quando falamos das vantagens e dificuldades do Programa Pé-de-Meia não podemos deixar de citar os requisitos que um estudante precisa cumprir para ser contemplado pelo benefício.

Além de ser aluno de baixa renda matriculado no ensino médio da rede pública de ensino e ter CPF, para receber os incentivos financeiros o jovem precisa: ter no mínimo 80% de frequência escolar; apresentar conclusão do ano letivo com aprovação; participar de exames obrigatórios; possuir idade entre 14 e 24 anos e ser de famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Os estudantes na modalidade EJA entre 19 e 24 anos podem ser contemplados pelo Programa Pé-de-Meia sob a condição de participar do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Como se inscrever no programa Pé-de-meia?

Na página seguinte, você encontra um passo a passo completo para aprender como se inscrever no programa. Basta clicar no botão abaixo e asssitir o anúncio completo.

Quanto o aluno recebe por meio do Programa Pé-de-Meia?

Os valores recebidos pelo estudante de escola pública contemplado pelo benefício podem chegar a R$ 9,2 mil. Entretanto, esse total não é disponibilizado todo de uma vez. Funciona assim: o Programa Pé-de-Meia disponibiliza o incentivo matrícula no valor de R$ 200 que é pago em parcela anual; o incentivo frequência de R$ 1,8 mil por ano que é pago em nove parcelas (excepcionalmente, em 2024 serão depositadas oito parcelas); o incentivo conclusão que engloba R$ 1 mil pagos anualmente após a aprovação do aluno em cada ano letivo do ensino médio, dando um total de R$ 3 mil que fica retido e só pode ser sacado depois da conclusão dos três anos do ensino médio; e o incentivo Enem referente a R$ 200 pagos em parcela única.